Publicidade 261x35

Publicidade
12:28

Opinião Formada

31-07-2014 - 07:43:00

Edersen Lima

Alguém está mentindo
Brasília - Alguém não está falando a verdade. No Facebook, o homem do milagre da multiplicação dos bens, Mecias de Jesus, e o seu filho, o menino de ouro, Jonatan de Jesus, milagreiro que nem o pai, apoiam o deputado Luciano Castro ao Senado. A foto ao lado indica claramente isso. Indica.

Já em outra rede social, o aplicativo de celular Whatsapp, que virou febre em termos de comunicação, Jonatan de Jesus, rasgando seda com Telmário "Galo Velho" Mota, concorrente de Luciano, afirma numa comunidade: "Telmário, você sabe que votei em você em 2010, pedi voto pra você por onde eu ia. Eu não voto no Anchieta, vejo você como forte candidato (ao Senado) para ganhar a eleição", se derreteu o menino de ouro ao sambado galo velho. Ver ao lado:

Telmário não se fez de rogado à declaração do filho de Mecias: "Jhonatan, eu e parte da minha equipe votamos em você e estou orgulhoso desse voto. Vocês jovens políticos serão os nossos governantes do futuro. Menos o filho do Jucá, que saiu de um laboratório para desfrutar do poder do nosso estado", devolveu o galo velho orgulhoso do quê, mesmo?

Ainda de acordo com a rasgação de seda de Telmário Mota, ele, líder do PDT, não votou em nenhum candidato do seu partido para deputado federal em 2010. Ele próprio afirma, ou mentiu para Jonatan. Está gravado: "Jhonatan, eu e parte da minha equipe votamos em você e estou orgulhoso desse voto".

Jonatan, por sua vez, afirma: "Pode acreditar, no desenrolar desse acordo (entre Mecias e Luciano?) adianto a você meu voto é seu de novo!". E pela rasgação entre ambos, galo velho, de novo, não vai votar em nenhum candidato do PDT para deputado federal. Porque o dele, é de Jonatan.

José de Anchieta jogou apoio substancial nas mãos de Mecias de Jesus acordando com ele reciprocidade eleitoral. Ganhou uma banana. Luciano Castro também está jogando apoio substancial para apoio do milagreiro que, tem mensagem de celular circulando por aí onde afirma apoio a Mozarildo Cavalcanti. Anchieta viu que, depois que "Inês está morta...babáu!". Isso, no mínimo, serve de alerta para Luciano.

Assim, alguém está ou não está mentindo aí?


Pai pra lá, filho pra mais longe
Então, o pai milagreiro até pode apoiar Luciano Castro ao Senado, mas o filho menino de ouro, não. Ele é Telmário faça chuva faça sol, chova canivetes que ele não se chama Ivete, que o dele (o voto) ninguém tasca pois é do galo velho, que não se fará de rogado em pegar um voto redondo desses.





Vídeos do Fonte

  • Sting e Wonder

  • New Age

  • Um ano

  • Marcelo Jeneci

  • Morte de jornalista

  • Quebra vidraças

  • Beatles

  • Morte do Cisne

  • Ana Botafogo 1

  • Ana Botafogo 2

  • Briga de irmãos

  • Light Years - Pearl Jam

© 1996-2013 www.fontebrasil.com.br - Todos os Direitos Reservados - A informação que forma a opinião